Prêmio pela classificação motiva Ponte

Depois de vencer o Criciúma na rodada passada, a Ponte Preta readquiriu a confiança e voltou a sonhar com uma vaga na Copa Sul-Americana de 2005. Esta seria sua primeira competição internacional em 104 anos de existência, o que motivou a diretoria a oferecer uma gratificação de R$ 100 mil para que o grupo atinja seu objetivo. Com essa motivação, o time de Campinas enfrenta o Fluminense neste sábado, às 16 horas, no estádio Raulindo de Oliveira, em Volta Redonda."É o típico jogo de seis pontos", confirmou o volante Marcus Vinícius. Afinal, a Ponte está com 61 pontos, na 9ª colocação do Campeonato Brasileiro, e enfrentará um concorrente direto pela vaga da Sul-Americana: o Fluminense é o 11º.O técnico Nenê Santana passou a semana toda motivando seus jogadores, que gostaram mesmo é do incentivo financeiro da diretoria. "Será um jogo difícil, porque o adversário também busca o mesmo objetivo. Mas temos condições de ir bem e até vencer", disse o treinador.Com relação ao time, existe apenas uma dúvida na lateral-esquerda, entre Luciano Baiano e Bill. O primeiro participou do último jogo, mesmo improvisado, enquanto o segundo cumpriu suspensão automática e vinha sendo o titular até então. No meio-de-campo, Flávio volta, após cumprir suspensão, no lugar de Vander. E no ataque, sem Roger, suspenso com três cartões amarelos, Anselmo será o titular.O retrospecto é favorável para a Ponte. Neste ano, enfrentou sete vezes clubes cariocas, vencendo quatro e empatando três.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.