Paulo Liebert/AE
Paulo Liebert/AE

Preocupação do São Paulo agora é com a Libertadores

Para o zagueiro Miranda, derrota para o Santos não vai influenciar na partida contra o Monterrey

MARCIUS AZEVEDO, Jornal da Tarde

07 de fevereiro de 2010 | 21h12

Os jogadores do São Paulo garantem que a derrota para o Santos, em Barueri, não vai influenciar na estreia da Copa Libertadores da América, na próxima quarta-feira, no Morumbi, contra o Monterrey, do México.

 

Veja também:

linkRobinho faz de letra e garante vitória do Santos no clássico

PAULISTÃO 09 - tabela Classificação | lista Calendário

ELDORADO/ESPN - som Ouça os gols do clássico

 

 O zagueiro Miranda está confiante na recuperação e afirmou que o time não se abalou com o resultado deste domingo. "Não vai atrapalhar o nosso planejamento para a partida de quarta-feira, nosso trabalho continua", disse. "A outra equipe jogou de igual para igual e qualquer um poderia ter saído vitorioso".

A vitória, porém, não veio. Culpa da zaga tricolor, que não esconde seu erro. "Faltou atenção. Olhamos a bola e não o marcador (Robinho)", lamentou Jean. "Isso foi fatal. Agora a Libertadores é outra história".

O atacante Dagoberto deixou o campo aos 18 minutos do segundo tempo reclamando de dores na coxa esquerda e é duvida para enfrentar o Monterrey. O médico Auro Rayel confirmou que o jogador iniciou tratamento com gelo ainda no vestiário da Arena Barueri e nesta segunda fará um exame mais detalhado para saber se há uma lesão muscular.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSão Paulo FCMirandaJean

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.