Preocupado, PC Gusmão cobra evolução no Vasco

O técnico Paulo César Gusmão está frustrado. Enquanto enxerga times "com menos capacidade técnica" crescendo no Campeonato Brasileiro, o Vasco não engrena: não ganha há seis rodadas e a pressão aumenta. No sábado, a equipe tem mais uma chance de reabilitação: enfrenta o Guarani, no Estádio Brinco de Ouro.

AE, Agência Estado

23 de setembro de 2010 | 19h31

Nesta quinta-feira, em São Januário, o clima não era dos melhores por causa da "bobeada" no clássico com o Botafogo, na noite de quarta, no Engenhão. Após abrir 2 a 0 no placar, o time cruzmaltino cedeu o empate nos minutos finais e deixou os torcedores e o treinador irritadíssimos.

"Eu não tenho falado de Libertadores. Nosso primeiro objetivo agora é vencer. Só depois disso vamos poder ver onde podemos chegar", disse o treinador, sem fazer planos. A sua sensação é a de que o Vasco tem condições de evoluir, mas não está melhorando. Isso o preocupa. "Temos que trabalhar ainda mais para mudar isso".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.