Franck Fife / AFP
Franck Fife / AFP

Preparador físico da seleção diz que Neymar atingirá ápice físico durante a Copa

"Temos que ir passo a passo. Não adianta pensar que o Neymar vai treinar hoje com o mesmo desempenho de outubro, novembro do ano passado"

Estadão Conteúdo

17 de maio de 2018 | 16h42

O preparador físico da seleção brasileira, Fabio Mahseredjian, falou nesta quinta-feira sobre a recuperação de Neymar. De acordo com o especialista, o atacante vem evoluindo bem da lesão no pé direito e atingirá o auge da forma física durante a Copa do Mundo.

+ Confira o noticiário da Copa da Rússia

"Temos que ir passo a passo. Não adianta pensar que o Neymar vai treinar hoje com o mesmo desempenho de outubro, novembro do ano passado. Temos que entender que ele vai evoluir gradativamente para atingir o ápice da forma dentro da própria competição", afirmou em entrevista ao Sportv.

Fabio vem acompanhando o desgaste e a recuperação física de todos os jogadores convocados. Nos últimos meses, ele visitou os clubes de cada um dos atletas e tem mantido contato com os preparadores físicos de cada um desses times. Ainda sobre Neymar, ele evitou cravar uma data sobre quando o jogador voltará a campo. "Temos que esperar. Mas trabalhamos com a possibilidade de ele jogar o primeiro amistoso antes da Copa", disse.

Neymar se apresentará à seleção brasileira na segunda-feira, na Granja Comary, em Teresópolis (RJ). O primeiro amistoso da seleção brasileira antes da Copa será em 3 de junho, contra a Croácia, em Liverpool. No dia 10, em Viena, a equipe vai enfrentar a Áustria. A estreia no Mundial está marcada para 17 de junho, em Rostov, diante da Suíça.

"Tenho convicção que ele estará em condição (de jogar a Copa)", disse. "Ele é um rapaz que adora treinar, não tem problema de peso... Acredito que não haverá problema até pela dedicação dele", complementou.

Neymar participou nesta quinta-feira de treino com bola no Paris Saint-Germain. Na sequência, como não tem condições de entrar em campo no sábado, em duelo contra o Caen, pela última rodada do Campeonato Francês, ele foi liberado para retornar ao Brasil, onde dará sequência ao processo de reabilitação.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.