Preparador físico do São Paulo torce contra expulsões dos jogadores

Preparador físico do São Paulo torce contra expulsões dos jogadores

Nas últimas cinco partidas do time entre Campeonato Brasileiro e Copa Sul-Americana, o elenco levou cinco cartões vermelhos

Estadão Conteúdo

24 de outubro de 2014 | 20h12

Em meio a uma maratona de jogos, o São Paulo está tendo que lidar com um problema extra: as expulsões. Só nas últimas 10 partidas, foram cinco cartões vermelhos aplicados contra jogadores da equipe. Com um atleta a menos em campo, os outros têm que correr e se desgastar mais.

Por isso, o preparador físico do São Paulo, Zé Mário, pede para que o time pare de tomar cartões. "Pela probabilidade, um time que jogar com um a menos perderá a maioria dos jogos. Então, ainda mais com essa maratona de partidas, é bom ver esse retrospecto positivo. Claro, esperamos que não tenham mais expulsões, mas trabalhamos sempre para fazer com que os atletas rendam mais fisicamente em campo", disse ele.

Neste fim de semana, o São Paulo poderá recuperar fisicamente seus jogadores. Afinal, entrou em campo na quarta-feira e agora só joga de novo na segunda, em casa, contra o Goiás. O problema é a maratona que vem na sequência: Emelec (no Equador), na quinta, e Vitória, em Salvador, no domingo.

"Estamos sempre atentos, porque queremos que o time tenha a mesma disposição em todas as partidas. E isso não parte só da preparação física, mas da fisiologia, nutrição, fisioterapia e departamento médico. Todos estão trabalhando em conjunto para fortalecer a equipe", destacou Zé Mário.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSão Paulo FCBrasileirão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.