Preparador nega problema físico no elenco do Flu

O preparador físico Ronaldo Torres saiu em defesa dos jogadores do Fluminense nesta sexta-feira. Ele negou que o grupo tenha problemas de condicionamento físico e atribuiu a queda de rendimento do time no segundo tempo das últimas partidas à acomodação dos atletas, por causa da vantagem conquistada no placar.

AE, Agência Estado

23 de abril de 2010 | 19h25

"Garanto que o time está bem fisicamente. O que tem acontecido durante os jogos, quando o time cai de produção no segundo tempo, acontece por acomodação e não falta de condicionamento. Foi assim contra o Flamengo e Botafogo. Estávamos ganhando, relaxamos e acabamos sofrendo a derrota. Acomodação gera crise", explicou.

Os jogadores do Fluminense foram cobrados nesta sexta por causa da lentidão no segundo tempo da partida com a Portuguesa. Os cariocas abriram 3 a 0 no primeiro tempo, mas levaram dois gols na etapa final e estiveram perto de ceder o empate.

Torres disse ainda que a última avaliação física no elenco comprova o bom condicionamento da equipe. "Tivemos três meses de treinamento neste ano e a equipe está começando a crescer fisicamente, ganhando potência e velocidade. Tenho certeza desta evolução porque a última avaliação aplicada nos jogadores comprovou o excelente momento", afirmou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.