Gilvan de Souza/Flamengo
Gilvan de Souza/Flamengo

Presidente da Chapecoense admite interesse em Emerson Sheik: 'Temos conversado'

Jogador está sem clube desde dezembro, quando deixou o Flamengo

O Estado de S.Paulo

24 de março de 2017 | 16h54

Em meio ao processo de reconstrução em 2017, a Chapecoense pode ganhar em breve um reforço de destaque para compor seu elenco. O experiente atacante Emerson Sheik, de 38 anos, negocia com a diretoria e pode ser contratado nos próximos dias. A informação foi confirmada pelo presidente do clube, Plínio David de Nês Filho, nesta sexta-feira.

"Não vou esconder de ninguém. O Emerson Sheik tem conversado especialmente com o departamento de futebol sobre a possibilidade de eventualmente vestir as cores verdes da nossa Chapecoense, agora, em 2017. Mas não tem nada certo. Gosto de ser franco. Há uma intenção, que, se concretizada, eu acho que será bom para os dois", explicou em entrevista ao SporTV.

Plínio David não deu qualquer detalhe dos termos discutidos na negociação. O desejo de vestir a camisa da Chapecoense e participar deste processo de reconstrução do clube, após o trágico acidente aéreo na Colômbia que vitimou a maior parte da delegação na Colômbia, em novembro do ano passado, teria partido do próprio Emerson.

A Chapecoense não tem pressa para acertar a contratação do atacante, até porque não poderá inscrevê-lo na fase de grupos da Libertadores - só poderia utilizá-lo no torneio após uma possível classificação para as oitavas de final. O jogador também teria que aceitar reduzir drasticamente seu salário para entrar na realidade do time catarinense.

Emerson está sem clube desde dezembro, após o fim de seu contrato com o Flamengo. O jogador tem passagens vitoriosas no time rubro-negro, no Corinthians e no Fluminense. Ele também defendeu o São Paulo e o Botafogo, além de times do Catar, do Japão, dos Emirados Árabes Unidos e da França.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.