Presidente da Conmebol aceita ser extraditado aos EUA, diz jornal

O presidente da Confederação Sul-Americana de Futebol, Juan Angel Napout, detido na semana passada em Zurique por envolvimento em escândalo de corrupção, aceitou ser extraditado para os Estados Unidos, informou nesta segunda-feira o jornal paraguaio ABC.

REUTERS

07 de dezembro de 2015 | 18h26

O dirigente, que foi incluído na investigação da promotoria norte-americana e é acusado de fazer parte de um esquema de subornos, vai se submeter à Justiça daquele país, disse o jornal, citando fontes da defesa de Napout.

(Reportagem de Daniela Desantis)

Tudo o que sabemos sobre:
FUTCONMEBOLEXTRADITADO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.