Presidente da federação espanhola reassumirá o comando da arbitragem na Fifa

A Real Federação Espanhola de Futebol anunciou nesta segunda-feira que seu presidente vai assumir novamente a direção do Comitê de Arbitragem da Fifa. Ángel Maria Villar vai substituir o norte-irlandês Jim Boyce, que também é um dos vice-presidentes da Fifa e vai deixar o comitê executivo da entidade neste mês.

Estadão Conteúdo

11 de maio de 2015 | 13h50

Boyce supervisionou o treinamento e a escolha dos árbitros da Copa do Mundo de 2014, no Brasil, depois de assumir o cargo, que era de Villar, em 2013. A Fifa se recusou a comentar a nomeação, que será confirmada após o seu congresso anual, marcado para 29 de maio.

Villar foi reeleito para os cargos de vice-presidente da Fifa e da Uefa em março. O espanhol não teve opositores na votação para ambos os cargos, embora tenha sido investigado pelo Comitê de Ética da Fifa pela sua participação no processo de escolha das sedes das Copas do Mundo de 2018 e 2022.

No comando da Real Federação Espanhola de Futebol desde 1988, Villar, que foi reeleito seis vezes para o cargo, ocupa as vice-presidências da Uefa desde 1992 e da Fifa desde 2002. Ele também comanda a arbitragem da Uefa e agora retoma o cargo que ocupou até outubro de 2013 na Fifa, tendo a responsabilidade de comandar o cargo que nomeia os árbitros das competições organizadas pela entidade, além de ter o direito de propor modificações nas regras do futebol.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.