Presidente da Fifa diz que grama artificial é o futuro

O suíço Joseph Blatter, presidente da Fifa, assegurou nesta sexta-feira que o futuro do futebol está nos campos de grama artificial, já que neles é possível praticar o esporte o ano todo. "O futuro do futebol está na realização de jogos em campos de grama artificial. Neles, é possível jogar o ano todo", assegurou Blatter em Minsk, capital de Belarus, país em que faz uma visita. "A qualidade dos campos de futebol com grama artificial é muito boa. Se vocês contam com 40 minicampos com grama artificial, construam outros 100", afirmou o presidente da Fifa. Belarus é um dos países em que o calendário do futebol é semelhante ao brasileiro, com jogos começando e terminando no mesmo ano, assim como Armênia, Estônia, Ilhas Faroe, Finlândia, Islândia, Irlanda, Cazaquistão, Letônia, Lituânia, Noruega, Rússia e Suécia. Por outro lado, Blatter elogiou a decisão das autoridades esportivas locais de limitar o número de estrangeiros nas equipes bielo-russas. "Nós também planejamos realizar um trabalho semelhante em nível internacional", garantiu o dirigente.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.