Presidente da FPF elogia decisão de Felipão

Após Luiz Felipe Scolari negar a oferta para comandar a seleção inglesa ao término da Copa da Alemanha, o presidente da Federação Portuguesa de Futebol, Gilberto Madail, elogiou a decisão do treinador brasileiro. Ele está dirigindo o selecionado lusitano desde janeiro de 2003."Venho sublinhar o grande homem que é o senhor Luiz Felipe Scolari. Ele demonstrou isso hoje (sexta-feira) sem qualquer tipo de pressão", disse Madail. "Nós ficamos contentes, mas a permanência de Scolari nunca esteve em questão. O que está em questão é o seu futuro", completou o dirigente, lembrando que o contrato do técnico gaúcho com a federação se encerra em 31 de julho."Queria manifestar mais uma vez a minha admiração e dizer que, com esta declaração, se mantêm abertas ainda mais as portas da seleção nacional e do futebol português a Scolari", concluiu o mandatário da FPF.Felipão, que foi vice-campeão da Eurocopa de 2004 por Portugal, convocou uma coletiva nesta sexta-feira para encerrar as especulações de que será o técnico da Inglaterra depois da Copa do Mundo da Alemanha. Os ingleses queriam o treinador da seleção brasileira na conquista do pentacampeonato para ocupar o cargo que ficará vago depois da saída do sueco Sven Goran Eriksson.Portugal está no Grupo D do Mundial ao lado do México, Irã e Angola. Os lusitanos enfrentam os angolanos na estréia, no dia 11 de junho, em Colônia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.