Presidente da Inter descarta negociar Maicon com Real Madrid

O presidente da Inter de Milão, Massimo Moratti, assegurou neste sábado que não tem interesse em negociar com o Real Madrid o lateral-direito Maicon, que está na África do sul com a seleção brasileira para a disputa da Copa das Confederações. Assim assegurou Moratti em entrevista ao canal italiano "Sky Sport24" após saber, pela imprensa, sobre uma possível transferência de Maicon ao Real Madrid em troca do holandês Wesley Sneijder e mais 20 milhões de euros.

EFE

13 de junho de 2009 | 16h42

Após se reunir com o presidente do Barcelona, Joan Laporta, Moratti também disse não acreditar que o atacante Zlatan Ibrahimovic vá para o clube espanhol. Moratti revelou que teve um jantar com Laporta para abordar todas as especulações sobre uma possível transferência do sueco ao Barcelona em troca de Samuel Eto'o.

"O jantar nasceu da curiosidade de ambos. Queríamos pôr em comum o que líamos nos jornais sobre o desejo de Ibrahimovic de ir para o Barcelona. No final, decidimos que cada um quer seu jogador", disse Moratti.

"Eu falava bem de Ibra, e ele de Eto'o e nos despedimos dizendo que talvez fosse melhor ficarmos com nossos jogadores. Laporta é uma pessoa muito agradável", contou o presidente do clube italiano.

Apesar de tudo, Moratti, presidente do atual campeão italiano, não descarta a possibilidade de que o sueco acabe se transferindo.

"Esperemos para ver se surge uma ideia que agrade a todos. Estamos satisfeitos com Ibra, que é o melhor jogador em circulação, e eles com Eto'o, um atacante que também considero muito forte e que marcou muitos gols pelo Barcelona", comentou. "Acho difícil que Ibrahimovic vá para o Barça", concluiu.

Até 2013

O lateral Maicon afirmou neste sábado, perante o possível interesse do Real Madrid, que tem contrato com a Inter de Milão até 2013. Perguntado sobre a possibilidade de trocar de clube, Maicon, que vai disputar com o Brasil a Copa das Confederações, apenas destacou que agora pensa exclusivamente nos jogos da seleção.

De acordo com o time titular que Dunga pôs em campo neste sábado no treino, Maicon deverá ser reserva de Daniel Alves contra o Egito, na próxima segunda-feira.

Já o meio-campo Felipe Melo, que jogo na Fiorentina, também preferiu não falar sobre seu futuro, perante o possível interesse da Inter. "Aqui não falo mais do que sobre a seleção e a Copa das Confederações. Não falo das questões do meu clube", assinalou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.