Presidente da Ucrânia viaja para ver jogo contra a Itália

O presidente ucraniano, Victor Yuschenko, fará nesta sexta-feira uma "visita relâmpago" à Alemanha para assistir à partida de seu país contra a Itália, pelas quartas-de-final da Copa do Mundo, em Hamburgo. Ele irá acompanhado de dois garotos de 12 anos, alunos de uma escola de esportes de Kiev, que segundo seus treinadores poderão jogar um Mundial no futuro.Na quinta-feira, Yuschenko recebeu uma carta com assinatura do presidente da Federação de Futebol da Ucrânia, Grigory Surkis, do técnico da seleção, Oleg Blokhin, e do capitão do time, Andrey Shevchenko, em nome de toda a seleção, convidando-o para assistir ao jogo contra a Itália. Na carta, destacou-se que a presença do presidente daria aos jogadores "mais inspiração" e fortaleceria a confiança dos atletas em si mesmos. A Ucrânia se classificou para a fase eliminatória da Copa ao ficar em segundo lugar no Grupo H, atrás da Espanha. Nas oitavas-de-final, superou a Suíça na disputa de pênaltis, que terminou em 3 a 0, depois do empate sem gols no tempo normal e na prorrogação.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.