Presidente da Uefa aposta na Alemanha e ironiza "mesmice"

O presidente da Uefa e vice-presidente da Fifa, Lennart Johansson, participou nesta quarta-feira do anúncio da extensão de parceria com a Adidas para a Eurocopa de 2008, que será realizada na Suíça e na Áustria, e para as três próximas temporadas da Copa dos Campeões da Europa, o maior e mais rentável torneio de clubes do mundo.No evento, realizado na Adidas Arena, em frente ao Reichstag, o parlamento alemão, Johansson aproveitou para fazer um balanço da Copa. O sueco apontou a Alemanha como favorita para chegar ao título e ironizou sobre as quartas-de-final. "Vamos ver em campo os mesmos times dos últimos 100 anos. Mas a os alemães merecem atenção, pois eles sempre começam com problemas, vão ganhando confiança, vão subindo de produção e depois conquistam os títulos."O vice da Fifa também mostrou ironia ao falar sobre os times que chegaram às quartas. "Os africanos foram embora, os asiáticos também. No fim, a Copa vai ficar entre a Europa e a América do Sul, como sempre", cutucou.Johansson parabenizou a organização alemã da Copa, assim como já tinha feito, na semana passada, o presidente da entidade, Joseph Blatter. "Está tudo muito bom, a atmosfera, a festa, a polícia, até o clima ajudou." Voltando ao jogo dentro do campo, Johansson falou que as grandes seleções não têm a mesma facilidade de antigamente. "Não há mais tanta diferença entre as grandes equipes e as pequenas. Não dá para prever muito os resultados", analisou.Sobre uma eventual punição aos clubes italianos nas competições européias por causa do escândalo de apostas, Johansson foi claro e disse que a Uefa não tomará nenhuma decisão até as investigações revelarem todos os envolvidos. "Falei com os responsáveis pelas investigações e eles me garantiram que até a metade do próximo mês tudo estaria esclarecido. Mas a Uefa tem de esperar pela ação da Federação Italiana", revelou.As quartas-de-final da Copa do Mundo começam nesta sexta-feira, com o jogo entre Alemanha e Argentina.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.