Presidente demite próprio irmão do comando do Cesena

Um fato curioso marcou o futebol italiano nesta segunda-feira. O presidente do Cesena, da segunda divisão local, Igor Campedelli, ignorou qualquer tipo de compaixão pelos laços sanguíneos e decidiu demitir o próprio irmão, Nicola Campedelli, do cargo de técnico da equipe, apenas três rodadas após o início do campeonato.

AE, Agência Estado

10 de setembro de 2012 | 12h53

A decisão foi tomada um dia depois da goleada sofrida diante do Novara, por 4 a 1, mesmo jogando em casa. O Cesena ainda não somou pontos na segunda divisão do Campeonato Italiano e só não é o último colocado porque o Grosseto foi punido com perda de pontos por envolvimento em escândalo de manipulação de resultados.

O clube, que na temporada passada estava na primeira divisão, já tomou dez gols em três partidas disputadas. Nicola Campedelli, de 33 anos, sequer foi ao treino do Cesena nesta segunda-feira e será substituído por seus auxiliares, que assumem o comando de forma interina.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCesena

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.