Alex Silva/Estadão
Alex Silva/Estadão

Presidente do América-MG propõe que final do Estadual tenha público vacinado no Mineirão

Em ofício enviado ao Governo de Minas, Alencar da Silveira Júnior, que também é deputado estadual, solicita a presença de 400 torcedores na decisão do Campeonato Mineiro

Redação, O Estado de S.Paulo

18 de maio de 2021 | 09h41

O deputado estadual Alencar da Silveira Júnior (PDT), que também é presidente do América-MG, enviou um ofício ao governo do Estado de Minas Gerais solicitando a presença de público na final do Campeonato Mineiro, que acontece neste sábado, no Mineirão. A ideia do mandatário é que 400 torcedores vacinados estejam presentes nas arquibancadas do estádio durante a partida entre Atlético-MG e América. 

"Venho, respeitosamente, solicitar que seja avaliada a possibilidade para se autorizar a presença de até 200 (duzentos) torcedores para América e 200 (duzentos) torcedores para o Atlético Mineiro, devendo estes comprovarem estar vacinados cntra a covid-19", escreveu Silveira Júnior no ofício enviado ao governo.

O mandatário ainda afirma que a presença de torcedores é capaz de "despertar a esperança da população", que, segundo ele, em breve retornará à normalidade. "Temos a consciência também de que vários cidadãos já foram vacinados e é neste sentido que buscamos despertar a esperança da população de que em breve todos nós retomaremos a nossa rotina de normalidade. O Brasil se aproxima dos 40 milhões de cidadãos imunizados com a primeira dose da vacina. Em Minas, cerc de 4 milhões já foram vacinados.

No jogo de ida, disputado no Independência, as equipes igualaram o placar sem gols. Antes de irem a campo na decisão Estadual, Atlético e América jogam pela Libertadores e Copa do Brasil, respectivamente. O time alvinegro visita o Cerro Porteño nesta quarta-feira, às 21h, em Assunção, no Paraguai, enquanto o clube alviverde encara o Criciúma, na quinta-feira, às 19h, em casa. A decisão de público na final de Minas ainda não foi autorizada.

Recentemente, o governador do Maranhão tentou fazer a mesma coisa no futebol do Estado. Foi informado, inclusive, que a primeira partida da decisão local teria público, mas depois as partes envolvidas mudaram de ideia e recuaram na iniciativa. O Rio trabalha com a mesma intenção na final entre Fluminense e Flamengo. 

Leia o ofício emitido por Alencar da Silveira Júnior na íntegra

Com os cordiais cumprimentos, venho à presença de Vossa Excelência para apresentar o presente pleito e ao final requerer a seguinte providência:

É sabido por todos os brasileiros que, atualmente, estamos vivendo uma das piores Pandemias da nossa história. Certos disso, nós, dirigentes de clubes de futebol temos tentado levar à população mineira alguma distração ligada ao lazer, neste sentido, estamos chegando a reta final do Campeonato Mineiro. No próximo sábado, o América e o Atlético Mineiro farão a última partida da fase final do Campeonato, o jogo acontecerá no Mineirão e ainda sem a possibilidade da presença dos torcedores.

Entretanto, temos a consciência também de que vários cidadãos já foram vacinados e é neste sentido que buscamos despertar a esperança da população de que em breve todos nós retomaremos a nossa rotina de normalidade.

Neste exposto, venho, respeitosamente, solicitar que seja avaliada a possibilidade para se autorizar a presença de até 200 (duzentos) torcedores para América e 200 (duzentos) torcedores para o Atlético Mineiro, devendo estes comprovarem estar vacinados. A seleção deverá ser feita por cada clube, utilizando plataformas digitais e em forma de sorteio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.