Presidente do Atlético-MG comemora aprovação para construir arena

Presidente do Atlético-MG comemora aprovação para construir arena

Estádio terá capacidade para 41.800 pessoas e custará R$ 410 milhões

O Estado de S.Paulo

18 de setembro de 2017 | 18h23

O presidente do Atlético Mineiro, Daniel Nepomuceno, comemorou a aprovação por parte do Conselho Deliberativo do clube, após a obtenção de pelo menos 260 votos necessários, do projeto para a construção da nova arena do clube, com capacidade para 41.800 torcedores. O novo estádio será erguido no bairro Califórnia, região Noroeste de Belo Horizonte, em um terreno comprado pela construtora MRV e doado ao clube.

O mandatário atleticano revelou que a proposta deverá ser enviada à Câmara Municipal de Belo Horizonte em breve. Daniel Nepomuceno acredita que a aprovação da arena pelos vereadores da cidade deverá ocorrer até o final deste ano.

"Primeira etapa de uma longa virada. Agora, um longo processo público com outras discussões. Tem muita coisa ainda para ser alinhada. Tem que ter sempre paciência, porque esse é um sonho muito grande, que envolve milhões, patrimônio do Atlético, a sociedade inteira. A gente espera que seja aprovada (proposta na Câmara) até novembro. É um prazo que deve ser encaminhado nas próximas semanas", frisou o presidente atleticano em entrevista coletiva nesta segunda-feira na sede do clube.

Já o prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Calil (ex-presidente do Atlético Mineiro), responsável pelo voto 260 - número necessário para garantir a aprovação da proposta no Conselho atleticano - assegurou que o clube terá apoio da administração municipal para realizar o sonho do novo estádio.

"Chegou a hora. Acho que (o Atlético Mineiro) é um dos poucos clubes do Brasil que tem condição de fazer um estádio. Temos que aproveitar esse momento. E nós vamos fazer isso com sabedoria, decência e com responsabilidade", afirmou Calil em entrevista à TV Galo, canal oficial do clube.

A obra está orçada em R$ 410 milhões. Os recursos virão da venda de 50,1% das ações do Shopping Diamond Mall (cerca de R$ 250 milhões), dos naming rights para a MRV (outros R$ 60 milhões), além de cativas e camarotes (mais R$ 100 milhões, sendo que 60% deste valor está garantido pelo banco BMG).

Tudo o que sabemos sobre:
Atlético Mineirofutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.