Presidente do Atlético-PR promete 'ano melhor' em 2010

No seu segundo ano de gestão à frente do Atlético-PR, o presidente Marcos Malucelli afirmou, na última quinta-feira à noite, que o clube terá um 2010 bem melhor do que o de 2009, quando a equipe encerrou o ano lutando para não ser rebaixado para a Série B do Campeonato Brasileiro.

AE, Agencia Estado

19 de fevereiro de 2010 | 12h30

O dirigente admitiu que os resultados alcançados em 2009 foram abaixo da expectativa do clube. "Tecnicamente, evidentemente que não foi como nós planejávamos e como nós esperávamos que fosse. Mas será melhor este ano de 2010, não tenha dúvida, embora a repercussão um pouco pessimista neste início de ano. Nós temos que ver que o Atlético não está sendo preparado única e exclusivamente para disputar o Campeonato Paranaense de 90 dias", disse o treinador, em entrevista à Rádio Transamérica.

Em seguida, o dirigente prometeu: "Não se pode exigir de imediato que o time inicie 100%. Mas está crescendo e crescerá e fará sem dúvida um grande Campeonato Paranaense. Vamos brigar pelo bicampeonato e faremos também um bom Campeonato Brasileiro no segundo semestre, que é quando as equipes mais se reforçam, em função até mesmo do período de transferências da janela internacional de julho/agosto".

Para triunfar em 2010, Malucelli aposta no investimento que o Atlético-PR está fazendo nos jogadores formados pela base do clube, depois de o clube ter fracassado em 2009 com a contratação de veteranos como Alex Mineiro e Paulo Baier. Este último, porém, foi decisivo para salvar o time do rebaixamento na reta final do Brasileiro.

"Nós temos hoje 17 jogadores no profissional que vieram das categorias de base. Esses jogadores todos foram investimentos que nós fizemos com renovação de contratos, sem que perdêssemos qualquer deles por falta de renovação de contrato ou por estar na iminência de se vencer. Perdemos, aliás, um deles: o zagueiro Ronaldo, que lamentavelmente não conseguimos chegar a um acordo com os procuradores dele, por coincidência ex-funcionários nossos", disse.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolAtlético-PRMarcos Malucelli

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.