Albert Gea / Reuters
Albert Gea / Reuters

Presidente do Barcelona qualifica ano como 'complexo e difícil' para o clube

Dirigente disse que saída de Neymar foi um dos principais problemas

Estadão Conteúdo

14 de dezembro de 2017 | 14h38

O presidente do Barcelona, Josep Maria Bartomeu, fez um balanço sobre 2017 e o definiu como "complexo e difícil" por conta de diversas mudanças, sendo uma das principais a saída do brasileiro Neymar, negociado com o Paris Saint-Germain.

+ Zidane elogia Grêmio e prevê final difícil

"Foi intenso. Encontramos algumas dificuldades e a enfrentamos com tranquilidade. Desde a saída de Luis Enrique, a chegada de Valverde, as renovações dos contratos de Iniesta e Messi, passando pela saída de Neymar, o processo que vive a Catalunha... Isso afeta a todos nós", afirmou.

As declarações foram feitas durante o almoço de Natal que o clube oferece aos meios de comunicação. Na análise, ele elogiou as decisões acertadas feitas pelo clube, sempre pensando nos associados. Por fim, desejou boas festas a todos e a esperança de "um 2018 melhor ou igual 2017".

AÇÃO SOCIAL

O Barcelona também disponibilizou nesta quinta-feira o vídeo institucional de Natal, inspirado na história de vida da jovem Nujeen Mustafá. Nascida próxima à cidade natal de Aleppo, na Síria, a garota tem paralisia cerebral e precisa de cadeira de rodas para se locomover. Ela sensibilizou a todos pela coragem de ter entrado em uma lancha e viajado cerca de cinco mil quilômetros para fugir da guerra.

Sua história virou livro, escrito em colaboração com a jornalista Christina Lamb, e chegou ao conhecimento dos dirigentes do Barcelona. O detalhe: a garota é torcedora fanática do clube.

Para enaltecer os feitos da garota, o Barcelona levou o ônibus oficial dos jogadores para buscar Nujeen e levá-la para assistir ao duelo do Barcelona com o Celta. Foi a primeira vez de Nujeen em um estádio de futebol. Após a partida ela ainda recebeu das mãos do zagueiro Piqué uma camisa do time do coração, com seu nome nas costas.

"Mais que uma imagem, fazia falta a história de vida sobre uma pessoa que merece que seus sonhos se realizem", declarou o presidente. "É uma maneira diferente de desejar feliz Natal a todos", emendou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.