Presidente do Barcelona: venda de Deco foi 'grande negócio'

A transferência do meia brasileiro naturalizado português Deco do Barcelona para o Chelsea, que rendeu dez milhões de euros (aproximadamente R$ 25,5 milhões) ao clube catalão, foi um "grande negócio", segundo afirmou o presidente do clube, Joan Laporta. "Não é questão de idealizar o jogador. Nas duas últimas temporadas, foi um dos atletas de rendimento mais baixo, pelos motivos que seja", destacou. Além disso, Laporta insistiu que a oferta do Chelsea era a única com a qual contava o Barcelona para vender Deco, e por isso defendeu que a venda do jogador, de 31 anos, "foi um grande negócio".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.