Presidente do Botafogo garante permanência de Estevam

O treinador Estevam Soares não será demitido pelo Botafogo, segundo o presidente do clube, Maurício Assumpção. Em Guayaquil, onde a equipe enfrentará o Emelec na quarta-feira, pela Sul-Americana, o dirigente garantiu a permanência do técnico, apesar do momento complicado.

AE, Agencia Estado

29 de setembro de 2009 | 15h49

"A questão do Estevam está tranquila. O trabalho dele é bem feito e os próprios jogadores colocaram isso para mim. Já me disseram ''a culpa não é do treinador, é nossa'', e eles querem reverter essa situação", disse o presidente em entrevista à TV Globo.

O Botafogo está em 18º lugar no Campeonato Brasileiro, com 25 pontos. Sob o comando de Estevam Soares, foram nove jogos e nenhuma vitória na competição nacional. Pela Sul-Americana, o clube venceu o Emelec por 2 a 0 no Engenhão, na primeira partida do confronto.

No domingo, depois da derrota por 3 a 1 para o Vitória, a torcida botafoguense protestou contra o time na saída no Engenhão. O clima ruim também se espalhou pelo elenco - o volante Jônatas foi afastado por ter brigado com o coordenador de futebol Márcio Touson.

Após a partida contra o Emelec, a diretoria do Botafogo deve se reunir para debater mudanças no clube, sobretudo no que diz respeito ao grupo de jogadores.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.