Presidente do Botafogo negocia com Ricardo Gomes: 'Reunião foi muito boa'

O Botafogo está confiante em ter Ricardo Gomes como substituto do técnico René Simões, que foi demitido na última semana após o time ser desclassificado da Copa do Brasil pelo Figueirense. Nesta segunda-feira, Ricardo Gomes foi até a sede de General Severiano para negociar com os dirigentes.

Estadão Conteúdo

20 de julho de 2015 | 19h17

"A reunião foi muito boa. Recebemos o Ricardo Gomes aqui em General Severiano e pudemos apresentar a expectativa do Botafogo", afirmou o presidente Carlos Eduardo Pereira em entrevista à rádio Tupi. "Comentamos sobre elenco, situação econômica que o clube vive, a importância da Série B. Tem uma boa perspectiva de entrosamento".

O último trabalho de Ricardo Gomes como técnico foi no Vasco, em 2011, antes de sofrer um AVC durante uma partida. Depois de se recuperar, ele ainda assumiu uma posição na diretoria vascaína, mas, no momento, está desempregado.

O presidente botafoguense afirmou que o técnico está apto para o trabalho, embora se recupere de uma operação recente no joelho. "O único problema físico que ele tem é no joelho. Não tem nada do AVC. Encerramos a nossa conversa com uma boa expectativa e daqui a alguns dias a situação ficará definida".

Por enquanto, o time segue conduzido pelo auxiliar Jair Ventura. No próximo sábado, o Botafogo volta a campo na Série B do Campeonato Brasileiro diante do Bahia, na Arena Fonte Nova, em Salvador, no sábado. Nesta segunda-feira, os jogadores tiveram folga, mas voltam a treinar normalmente nesta terça.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBotafogoRicardo Gomes

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.