Presidente do Corinthians admite interesse em Lucas

O presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, admitiu o interesse no volante Lucas, do Liverpool. O jogador de 22 anos, que foi revelado pelo Grêmio, onde foi comandado pelo técnico corintiano Mano Menezes, seria o primeiro grande reforço do clube para a Libertadores de 2010.

AE, Agencia Estado

25 de julho de 2009 | 10h03

"É um jogador que interessa e com quem estamos conversando. É um sonho, que pode ou não se tornar realidade", disse Andrés Sanchez, em entrevista à SporTV. Para contratar Lucas, que é reserva do clube inglês, o Corinthians pode contar com a ajuda do empresário Carlos Leite, que também trabalha para Mano Menezes e outros jogadores do elenco corintiano.

Outro ponto a favor é o bom relacionamento que Lucas tem com Mano Menezes, com quem atingiu seu melhor futebol, no Grêmio, em 2006 - um ano depois disso, ele foi vendido para o Liverpool por R$ 30 milhões. Segundo Andrés Sanchez, a contratação do volante foi um pedido do próprio treinador.

Na mesma entrevista, Andrés Sanchez se justificou sobre a saída de Cristian e André Santos, mas tentou negar que o Corinthians esteja sofrendo um desmanche. "No planejamento isso já estava previsto. Nós sabíamos que, se atingíssemos os objetivos, íamos perder de dois a cinco jogadores. E temos que remontar novamente e buscar outros até o fim do ano", disse o presidente.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.