Presidente do Cruzeiro confirma chegadas de Sánchez Miño e Douglas Coutinho

O presidente Gilvan de Pinho Tavares revelou nesta segunda-feira que o Cruzeiro acertou as suas duas primeiras contratações para a temporada 2016. O dirigente explicou que o atacante Douglas Coutinho, do Atlético Paranaense, e o meia argentino Juan Sánchez Miño, que estava no Estudiantes, vão reforçar o time no próximo ano.

Estadão Conteúdo

28 de dezembro de 2015 | 13h57

"Já temos pelo menos dois jogadores que a gente pode dizer para vocês que a gente já acertou, que são o Douglas Coutinho e o Sánchez Miño. Estes já estão garantidos", disse o presidente do Cruzeiro em entrevista à rádio Itatiaia.

Gilvan não revelou os detalhes das transações, mas a contratação de Douglas Coutinho, de 21 anos, deverá envolver a liberação do zagueiro Paulo André ao Atlético-PR. Já Sánchez Miño estava emprestado pelo italiano Torino ao Estudiantes. O jogador, de 25 anos, iniciou a sua carreira no Boca Juniors.

O Cruzeiro ainda busca mais reforços para a próxima temporada, como garantiu Gilvan. O time mineiro estaria interessado em mais dois jogadores estrangeiros, o volante colombiano Gustavo Cuellar e o meia argentino Matias Pisano.

"Estamos lutando, para reforçarmos ainda mais a equipe e até a passagem de ano, se Deus quiser, a gente pode anunciar outros jogadores que vão fazer esse time nosso melhorar de rendimento ainda mais", disse o dirigente.

O presidente do Cruzeiro também descartou a possibilidade de negociar o zagueiro Dedé e o atacante Willian, que despertam o interesse de outros clubes. "A gente sabe perfeitamente que jogadores deste nível são jogadores que todo mundo deseja, todo mundo quer. Mas agora não estamos abertos para estas negociações não e os atletas querem ficar no Cruzeiro, querem ganhar títulos. Ainda mais estes atletas que você citou", assegurou Gilvan.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.