Presidente do Flamengo admite que título ficou impossível

Em menos de uma semana, o discurso do presidente do Flamengo, Márcio Braga, mudou radicalmente. Antes da partida contra o Atlético-MG, no Maracanã, o dirigente disse que já estava preparando a festa para o hexacampeonato brasileiro. Após a derrota por 3 a 0 para time mineiro, Braga disse nesta segunda-feira que o sonho do título do Brasileirão terminou. "Não dá mais", admitiu, desanimado.A atitude de Márcio Braga coincide com o clima de cobrança que foi criado no clube pela derrota inesperada. Nesta segunda, após uma reunião com os jogadores antes do treino, o vice-presidente Kléber Leite decidiu blindar o treinador Caio Júnior, impedindo-o de conceder entrevistas. "É hora de ele pensar e ouvir", disse o dirigente, que classificou como ridícula a atuação do Flamengo no último sábado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.