Lucas Uebel/Grêmio
Lucas Uebel/Grêmio

Presidente do Grêmio descarta troca de Luan por Clayson, do Corinthians

Clube paulista cogitava envolver seu atacante na negociação com jogador do time gaúcho

Redação, O Estado de S.Paulo

11 de dezembro de 2019 | 20h44

O presidente do Grêmio, Romildo Bolzan, esfriou um pouco a negociação do Corinthians pelo atacante Luan. O mandatário descartou uma eventual troca por Clayson, principal moeda de troca da diretoria corintiana pelo atleta.

Bolzan utilizou inicialmente o Twitter para negar a negociação. "Fala-se muito, e com variados pressentimentos, sobre suposta negociação envolvendo Luan e Clayson, do Corinthians. Não há proposta no âmbito do Grêmio. No entanto, o clube segue com foco no planejamento de um futebol forte para 2020", disse. 

Depois, em entrevista à Ulbra TV, de Porto Alegre, foi mais específico. "Não me agrada (a troca por Clayson), nem um pouquinho. Se me perguntar, gosto do Cássio, Mateus Vital, Janderson, Pedrinho", disse.

Ao ser questionado sobre uma eventual troca por Fagner, disse: "Aí é próximo. Dois jogadores de seleção brasileira. A gente faz o comparativo para entender a dimensão de negócio", afirmou Romildo.

Nesta quarta-feira, o diretor de futebol do Corinthians, Duílio Monteiro Alves, se reuniu com o diretor executivo do Grêmio, Klauss Câmara, e o agente de Luan, Paulo Pitombeira. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.