Presidente do Grêmio pede foco na Copa Libertadores

Sem poder acompanhar a delegação do Grêmio rumo à Colômbia, o presidente Paulo Odone compareceu ao embarque do time na manhã desta terça-feira para demonstrar seu apoio aos jogadores. O dirigente pediu foco na disputa da Copa Libertadores, às vésperas da semifinal do primeiro turno do Campeonato Gaúcho.

AE, Agência Estado

22 de fevereiro de 2011 | 14h41

"Precisamos estar focados nessa partida que pode definir a fase. Uma vitória será muito importante", cobrou Odone, que lamentou sua ausência na Colômbia. "Essa semana estarei trabalhando ainda mais pelo Grêmio. Tenho diversos compromissos muito importantes e que são inerentes ao futuro do Clube", justificou.

Embalado pela vitória na estreia, o Grêmio tentará abrir vantagem na tabela do Grupo 2 diante do Junior de Barranquilla, nesta quinta-feira. "Libertadores é 100% concentração", reforçou Lúcio, um dos atletas mais experientes do elenco gremista.

Junto com a delegação, embarcaram nesta terça cerca de 50 torcedores, que adquiriram o pacote promovido pela diretoria do Grêmio. Jogadores e torcida vão desembarcar na Colômbia por volta das 17 horas (horário de Brasília).

Tudo o que sabemos sobre:
futebolGrêmioPaulo Odone

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.