Presidente do Inter já prevê o caos

O presidente do Internacional, Fernando Carvalho, acredita que o tumulto no final do jogo entre Santos e Corinthians, na noite de quinta-feira, é um indicativo de que o Campeonato Brasileiro pode se encaminhar para a confusão total. ?Eu tenho receio de que a competição evolua para o caos?, disse. Segundo Carvalho, torcidas que viram vitórias de seus times em jogos cujos resultados não foram influenciados pela arbitragem tendem a não se conformar com a reversão do placar, como aconteceu no clássico paulista. O Santos venceu por 4 a 2 o jogo que foi anulado e perdeu por 3 a 2 a partida de quinta-feira. Diante da tensão transferida para os estádios, Carvalho diz que os dirigentes devem pedir aos torcedores para evitar badernas. Qualquer confusão pode ampliar os prejuízos sofridos pelos clubes, incluindo a perda do mando de campo em rodadas decisivas. Ao mesmo tempo, Carvalho defende que os clubes pressionem o STJD a rever a anulação dos 11 jogos apitados por Edilson Pereira de Carvalho. O Internacional teve anulada uma vitória sobre o Coritiba, por 3 a 2, e, se o calendário for confirmado, vai repetir o jogo no dia 28 de outubro.

Agencia Estado,

14 de outubro de 2005 | 18h51

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.