Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Presidente do Palmeiras pode oferecer aumento para tentar manter Dudu

Maurício Galiotte afirma que a intenção palmeirense é manter grande parte do elenco e realizar contratações 'pontuais'

Estadão Conteúdo

03 Dezembro 2018 | 10h10

A diretoria do Palmeiras pretende seduzir o atacante Dudu a permanecer no clube em 2019. Para isso, o presidente Maurício Galiotte não descarta a possibilidade de dar uma aumento para o atacante, que renovou seu contrato com o clube em março, até 2022.

"No Palmeiras ele vai ter grande exposição, vai estar disputando títulos. Importante que tudo isso seja considerado, foi o que eu falei para o Dudu na metade do ano", disse o dirigente. "Temos de pesar também o plano de carreira, onde o atleta pensa em chegar, a ideia dele em termos de seleção brasileira e exposição. Vamos fazer o que for possível. A ideia é que o Dudu permaneça com a gente."

Galiotte disse que a intenção palmeirense é manter grande parte do elenco e realizar contratações "pontuais". "A ideia é trazer alguns meninos da base pelo menos para ir treinando conosco. Alguns vamos emprestar e outros vão ficar conosco. A ideia é que o Palmeiras, ao longo do tempo, reduza o número de contratações e trabalhe melhor com a base."

Antes do último jogo com o Vitória, domingo, no Allianz Parque, a diretoria já havia renovado os contratos dos goleiros Jailson e Fernando Prass e do zagueiro Edu Dracena, além de ter contratado em definitivo o lateral-direito Mayke. O atacante Arthur Cabral, do Ceará, e o meia Zé Rafael, do Bahia, foram as primeiras contratações. Além disso, o time também terá o retorno de 18 jogadores que estavam emprestados.

A permanência de Luiz Felipe Scolari é dada como certa pelo presidente palmeirense, apesar dos rumores de um interesse da seleção colombiana pelo experiente treinador. Quanto à renovação de contrato com a Crefisa, patrocinadora do time, Galiotte revelou que reuniões vão ocorrer nos próximos dias.

"A ideia é que a gente renove. Vamos tratar a partir da semana que vem. Temos hoje uma parceria de sucesso. O Palmeiras é importante para a Crefisa, e a Crefisa é importante para o Palmeiras."

Mais conteúdo sobre:
PalmeirasDudufutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.