Presidente do Palmeiras promete título

?A torcida pode esperar. O time será forte em 2006 para manter nossa tradição. O Palmeiras nasceu para conquistar títulos.? Esta é a previsão do presidente do Palmeiras, Affonso Della Monica, para o próximo ano. Em entrevista concedida na sala da presidência do Palestra Itália, o comandante falou dos planos para o clube, para o time, elogiou o técnico Emerson Leão e revelou que o sonho é quebrar o jejum de nove anos sem o título estadual. ?O Campeonato Paulista é um sonho da diretoria e do Leão.? Na seqüência, os principais pontos abordados pelo presidente Della Monica na entrevista. O CLUBE - ?Quando assumimos em 10 de janeiro, um dos nossos objetivos principais era reforçar nossa equipe de futebol. Incentivar as categorias de base e dar todo o apoio para o setor de testes e avaliações (a peneira). Cumprir o plano de obras, modernizar o clube, incrementar a parte social (atulamente com 13 mil sócios), tentar aumentar o número de associados e manter o equílíbrio financeiro. Vários esportes amadores serão reativados. Já temos basquete, levantamento de peso, judô, hóquei, taekwondo, tênis de mesa, tênis, ginástica olímpica, ginástica aeróbica, arco e flecha e querremos trazer de volta o futebol de salão no próximo ano. Mas para isso é preciso patrocínio e o Palmeiras está atrás. O FUTEBOL - O futebol é nossa prioridade. Trouxemos três jogadores de seleção: Gamarra, Juninho e o Marcinho, que ainda não atingiu o ponto ideal. O time estava em 16º lugar, correndo risco de rebaixamento, mas com a vinda do Leão, que foi um grande investimento, a equipe se reequilibrou, fez uma boa campanha, principalmente nos jogos em casa e obteve a vaga na Libertadores. PERDAS - Não. Do time-base não sai ninguém. A equipe já está sendo reforçada. Neste primeiro ano da nossa gestão, o planejamento era reforçar a equipe para fazer uma boa campanha e foi além do que nós esperávamos, conseguimos inclusive a classificação para a Libertadores. Mas o nosso grande objetivo é para 2006. Com uma equipe mais forte para manter as tradições do Palmeiras e voltar a disputar títulos. O Palmeiras nasceu para conquistar títulos e não para lutar contra rebaixamento ou classificações intermediárias PARCERIA - Se surgir alguém interessado em fazer uma parceria vamos sentar, analisar e estudar. CATEGORIAS DE BASE - A integração categorias de base e time profissional já existe. A equipe B já é acompanhada pelo Leão. Já tivemos alguns jogadores este ano que despontaram como foi o caso do Reinaldo, que se machucou e não pôde dar seqüência. O Michael também teve boas atuações e o Claudio, com 16 anos, já disputou partidas pelo time principal. Em 2006, o Leão vai fazer um trabalho mais específico e pretende aproveitar muitos jogadores destas categorias. ESTÁDIO - As numeradas e cadeiras cativas foram pintadas, trocadas. A iluminação é nova. Ontem iniciamos as obras para alargar em um metro o campo dentro dos padrões da Fifa. Com o campo maior vai dificultar os adversários que jogam mais fechados. A cobertura do estádio é um sonho antigo. O projeto já foi aprovado pela Prefeitura. Estamos aguardando algum investidor para fazer uma parceria. MUSTAFÁ - Sou grande amigo do Mustafá Contursi. Fui seu vice-presidente por 12 anos e mais tempo em outros cargos de diretoria. Tenho profundo respeito por ele, que é o atual presidente do Conselho Deliberativo. Mas ao assumirmos tínhamos de responder pelos nossos atos. E apesar do regime ser presidencialista, sempre procuro consultar os vice-presidentes antes de tomar as decisões maiores. PAULISTA - Pretendo ganhar o Campeonato Paulista. É um sonho da diretoria e do Leão. Alguns diretores consideram o Paulista mais importante que o Brasileiro por causa da rivalidade. ELENCO - Além das contratações teremos dispensas. Não podemos ficar com um grupo grande. No máximo 29 ou 30 jogadores. O Leão vai apresentar a relação. Quando chegar a pré-temporada, ele terá o grupo enxuto.

Agencia Estado,

15 de dezembro de 2005 | 10h53

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.