Felipe Rau/AE - 11/9/2011
Felipe Rau/AE - 11/9/2011

Presidente do Palmeiras respalda Felipão após tropeço

Arnaldo Tirone descarta mudança na comissão técnica após derrota por 3 a 0 para o Internacional

AE, Agência Estado

12 de setembro de 2011 | 13h44

SÃO PAULO - Os recentes protestos da torcida do Palmeiras contra Luiz Felipe Scolari não abalam a confiança da diretoria quanto ao trabalho do técnico, de acordo com o presidente Arnaldo Tirone. O dirigente reconhece que o time atravessa momento ruim no Campeonato Brasileiro, mas garantiu dar total respaldo ao treinador. Assim, descartou qualquer mudança na comissão técnica da equipe.

"Não adianta fazer caça às bruxas. Eu acho que o time é bom e apenas tem faltado tranquilidade. Os resultados não estão aparecendo. Mas temos total confiança no trabalho do Felipão e não penso em mudar a comissão técnica, nem agora, nem no futuro. Precisamos continuar o trabalho", disse Tirone.

No domingo, o Palmeiras foi derrotado pelo Internacional por 3 a 0, no Pacaembu, em partida válida pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro. O resultado negativo deixou a equipe em oitavo lugar na competição, com 34 pontos, e causou protestos no estádio nos minutos finais da partida.

A revolta da torcida do Palmeiras permaneceu após o jogo, com os muros do Palestra Itália sendo pichados com as inscrições "Fora Felipão" e "Time medíocre". A diretoria do clube e jogadores contestados, como o atacante Luan, também foram alvos dos protestos.

"O que vocês esperavam? Jogando em casa e tomando de 3 a 0, queria que a torcida aplaudisse e fizesse festa para os jogadores? A torcida até se comportou corretamente, cantou durante todo o jogo, mas a partir do instante que o time começa a ir mal e perder, é claro que não vai aceitar. Essas manifestações são totalmente aceitáveis", disse Felipão.

Em queda, o Palmeiras somou apenas dois pontos nas últimas quatro partidas no Campeonato Brasileiro e se afastou da briga pelo título. Em busca da recuperação e para minimizar o momento conturbado, a equipe tentará se reabilitar no próximo domingo, em Florianópolis, contra o Avaí.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.