André Lessa/AE
André Lessa/AE

Presidente do Palmeiras se reúne com elenco e dá apoio aos jogadores

Arnaldo Tirone comparece ao treino na manha desta terça-feira para tentar amenizar crise no clube

Daniel Akstein Batista, Agência Estado

13 de setembro de 2011 | 11h26

Diante da má fase do time, que culminou com protestos da torcida depois da derrota para o Inter no último domingo, o presidente do Palmeiras, Arnaldo Tirone, resolveu ir ao treino na manhã desta terça-feira. Ele se reuniu com os jogadores para dar seu apoio e passar força, mas também alertou que a "luz vermelha" está acesa.

Depois de se reunir com o grupo na Academia, antes do treino desta terça-feira, Tirone deixou o local sem dar entrevistas. Mas sua presença foi para apoiar o trabalho do técnico Luiz Felipe Scolari e tentar incentivar os jogadores para tirar o Palmeiras dessa má fase - somou dois pontos nos últimos quatro jogos.

"É bom ter uma conversa para saber o que está errado. Tivemos uma pequena reunião, o presidente é um cara equilibrado, ele não chega soltando os cachorros", contou o volante Marcos Assunção, um dos líderes do elenco palmeirense. "Ele veio para ter uma conversa de amigo, para nos dar força", completou o jogador.

Mas, apesar de revelar o incentivo dado por Tirone ao elenco nesta terça-feira, Marcos Assunção também reconheceu que o dirigente mostrou preocupação com o momento vivido pelo Palmeiras no Brasileirão. "Como o presidente falou, a luz vermelha acendeu. Sabemos que o time é bom, mas temos que mostrar em campo", disse o volante.

Atualmente em oitavo lugar no Brasileirão, com 34 pontos, o Palmeiras só volta a jogar no domingo, quando visita o Avaí no Estádio da Ressacada, em Florianópolis, pela 24ª rodada. A semana livre, inclusive, foi comemorada por Marcos Assunção. "Do jeito que estamos, é até bom dar uma parada", admitiu o volante.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPalmeiras

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.