Presidente do Real diz ter 'esquecido' Cristiano Ronaldo

O presidente do Real Madrid, Ramón Calderón, disse à emissora inglesa Radio Five que a contratação do meia-atacante português Cristiano Ronaldo é algo que está no passado e que quer manter boas relações com o Manchester United, clube ao qual pertence o jogador. Dê seu palpite no Bolão Vip do LimãoCristiano Ronaldo, autor de três gols na atual temporada, tem contrato com o clube de Old Trafford até 2012, quando completará 27 anos. O técnico do Real Madrid, Bernd Schuster, manifestou publicamente o desejo de ter o português em sua equipe, mas o clube inglês se recusou a negociá-lo."O Manchester não quer perdê-lo. Isso está muito claro. Portanto, é uma situação que temos que esquecer", afirmou Calderón em sua visita a Londres para participar de uma conferência organizada pelo jornal The Economist.Calderón confirmou que o Manchester não quis vender Ronaldo "nos últimos três ou quatro meses" e que prefere não ter problemas com o clube inglês."Não queremos entrar em conflito com uma das maiores equipes do mundo. Nunca se sabe o que pode ocorrer no futuro, mas o Real Madrid deseja ter uma boa relação com o Manchester", ressaltou.Calderón reconheceu as dificuldades de se "contratar jogadores de grandes clubes no meio da temporada" e não quis revelar se pensa em contratar outro reforço, "apesar dos vários lesionados na equipe", disse.O presidente do Real Madrid participou nesta sexta-feira de uma rodada de conferências organizada pela revista The Economist em Londres sob o lema "A Cúpula Global do Esporte - Inovação versus tradição: A busca do crescimento". 

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.