Emilio Naranjo/ EFE
Emilio Naranjo/ EFE

Presidente do Real Madrid anuncia demissão de Ancelotti

Decisão é tomada após time terminar temporada sem títulos

Estadão Conteúdo

25 de maio de 2015 | 16h10

O técnico Carlo Ancelotti está fora do Real Madrid. Nesta segunda-feira, após reunião da junta diretiva do clube, o presidente Florentino Pérez anunciou a saída treinador, que conduziu o time ao título da Liga dos Campeões da Europa em 2014, mas não teve o mesmo sucesso na atual temporada. "A junta diretiva adotou esta tarde a decisão de tirar Carlo Ancelotti do cargo de treinador do Real Madrid", afirmou Florentino Pérez.

"Como todos podem imaginar, foi uma decisão muito difícil, mas não estamos aqui para tomar decisões fáceis, mas para tomar aquelas decisões que acreditamos serem as melhores para uma instituição que é referência no mundo", justificou o presidente do clube espanhol.

Ancelotti foi anunciado como técnico do Real Madrid em junho de 2013, em substituição ao português José Mourinho, com um contrato de três anos, tendo dirigido anteriormente o Paris Saint-Germain. O acordo, então, acabou sendo rompido um ano antes do seu fim, mesmo que o treinador tivesse apoio dos jogadores, incluindo o astro Cristiano Ronaldo, e da torcida do clube, que o ovacionou no último fim de semana, na goleada por 7 a 3 sobre o Getafe, pelo Campeonato Espanhol.

Em sua primeira temporada no comando do Real Madrid, Ancelotti teve sucesso imediato, faturando os títulos da Liga dos Campeões e da Copa do Rei. Na atual temporada, porém, ele não teve o mesmo êxito, mesmo que tenha levado as taças da Supercopa da Espanha e do Mundial de Clubes. Porém, o time parou nas semifinais da Liga dos Campeões - foi eliminado pela Juventus - e foi vice-campeão espanhol.

O treinador sai do Real Madrid deixando um recorde histórico, de 22 triunfos consecutivos em competições oficiais, além de ter sido elogiado por restabelecer a paz no vestiário. Mas como o time não conseguiu ser campeão nacional e europeu nesta temporada e ainda viu o rival Barcelona brilhar em ambas as competições, acabou sobrando para Ancelotti.

"Carlo Ancelotti ganhou, durante esses dois anos, o carinho da diretoria e o meu pessoalmente, e também de todos os torcedores. Mas como todos sabemos, no Real Madrid a exigência é máxima", afirmou o presidente do Real Madrid.

Florentino Pérez informou, ao confirmar a demissão de Ancelotti, que o nome do novo técnico do Real Madrid deverá ser anunciado na próxima semana. De acordo com o dirigente, era tempo do clube realizar mudanças e buscar "novos ímpetos".

"Na próxima semana faremos conhecer o nome do novo treinador", afirmou o dirigente - Rafa Benítez, atualmente no comando do Napoli, é um dos nomes mais comentados na imprensa espanhola como possível novo comandante do Real Madrid.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.