Montagem/EFE
Montagem/EFE

Presidente do Real Madrid pede perdão para Navas em reunião

Ida do goleiro para o Manchester United não se concretizou

EFE

02 de setembro de 2015 | 14h39

Florentino Pérez, presidente do Real Madrid, e José Ángel Sánchez, diretor-geral do clube, se reuniram nesta quarta-feira com o goleiro Keylor Navas, da Costa Rica, para pedir perdão pela transferência para o Manchester United não ter sido concretizada, veiculou a emissora de televisão espanhola Cuatro.

Na terça-feira, o jogador já havia participado de encontro com o técnico espanhol Rafa Benítez, que garantiu ter confiança nele para o restante da temporada. De acordo com a emissora espanhola, na conversa com os dirigentes, Navas esteve acompanhado da esposa e do representante, Ricardo Cabañas.

A conversa ocorreu porque o goleiro chegou a subir em um avião para viajar rumo a Manchester, onde passaria por exames médicos e assinaria contrato que dobraria o salário que recebe no Real Madrid. A negociação acabou não acontecendo já que o acerto entre as equipes pelo espanhol David de Gea, que passaria a ser da equipe inglesa, ultrapassou o horário-limite da janela de transferências da Espanha.

De acordo com a equipe do canal Cuatro, na reunião desta quarta-feira, o Real Madrid apresentou a possibilidade de dar um aumento para Navas.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.