André Rigue/AE - 19/7/2010
André Rigue/AE - 19/7/2010

Presidente do Santos chama Andrés Sanchez de mentiroso

À 'Rádio Estadão ESPN', Luis Alvaro Ribeiro alegou que não deve desculpas ao diretor de seleções da CBF

estadão.com.br,

18 de junho de 2012 | 14h30

SÃO PAULO - O presidente do Santos Luis Alvaro Ribeiro acusou o diretor de seleções da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Andrés Sanchez, de mentir ao dizer que ele não pediu a dispensa de Neymar dos amistosos, durante entrevista à Rádio Estadão ESPN nesta segunda-feira, 18.

 

Quando perguntado se pediu desculpas a Andrés por declarações, após o primeiro jogo pelas semifinais da Libertadores na semana passada, de que o Corinthians estaria sendo favorecido por Andrés e Mano Menezes, porque nenhum jogador da equipe foi convocado pela seleção, Luis Álvaro respondeu: "Pedir descupa por quê? Quem tinha que pedir desculpas era ele, porque ele mentiu. Disse que eu não tinha pedido a desconvocação do Neymar, o que é uma mentira deslavada".

 

Para o presidente, a convocação do astro do Santos prejudicou a equipe e teria sido uma manobra para favorecer o clube alvinegro."Testar o Neymar não faz o menor sentido, todo mundo sabe como ele joga. Tenho comprovação médica de que o menino voltou esbagaçado dessa excursão com a seleção".

 

Na manhã de hoje, enquanto participava do programa Jogo Aberto, na TV Bandeirantes, André Sanchez ironizou dizendo que o Santos é o favorito à vaga na final da Libertadores, pois tem "o melhor elenco do Brasil, o melhor jogador do Brasil e o melhor presidente."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.