Bruno Cantini/Atlético-MG
Bruno Cantini/Atlético-MG

Presidente do Santos confirma interesse na contratação de Ricardo Oliveira

Atacante, que já passou pelo time da Vila Belmiro, está atualmente no Atlético-MG

Redação, Estadao Conteudo

28 de março de 2019 | 12h58

O camisa 9 que o Santos tanto busca para resolver a carência do elenco pode ser um velho conhecido da torcida. Nesta quinta-feira, o presidente José Carlos Peres revelou que o clube tem interesse no atacante Ricardo Oliveira, hoje no Atlético-MG. "É uma das opções que estamos trabalhando. Todo treinador quer trabalhar com o Ricardo Oliveira. É um cara que não fuma, não bebe e se cuida. Mas vamos respeitar o time que ele joga, porque nós também gostamos de respeito", disse Peres, após a reunião que definiu a tabela das semifinais do Campeonato Paulista na sede da FPF.

Hoje com 38 anos, Ricardo Oliveira teve duas passagens de sucesso pelo Santos, em 2003 e de 2015 a 2017, com a conquista de dois títulos Estaduais (2015 e 2016). Além disso, alcançou feitos pessoais, como as artilharias da Copa Libertadores em 2003, do Paulistão de 2015 e do Campeonato Brasileiro de 2015.

Ao fim da temporada 2017, Ricardo Oliveira não teve seu contrato renovado pelo Santos, acertando sua transferência com o Atlético-MG. Lá, ele tem status de titular absoluto e vínculo até o fim de 2020, o que deve dificultar a negociação para o seu retorno à Vila Belmiro nesse momento. Até por isso, o dirigente santista, que evitou revelar nomes, também indicou que busca opções no futebol estrangeiro.

A confirmação do interesse em Ricardo Oliveira se dá após o São Paulo acertar a chegada de Alexandre Pato. Peres confirmou que negociou com o atacante e chegou a declarar que estava otimista em fechar com o jogador que estava na China. "Conversamos antes do São Paulo. Que seja feliz lá", disse o dirigente. "Ele ficou perto do Santos, mas a duração do contrato oferecido pesou favoravelmente ao São Paulo", avaliou Peres.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.