Ivan Storti|Divulgação
Ivan Storti|Divulgação

Presidente do Santos diz ter recusado proposta por Zeca

Procurado por time europeu, jovem lateral fica no clube da Vila

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

19 de abril de 2016 | 19h37

O presidente do Santos, Modesto Roma Junior, descartou nesta terça-feira a chance de perder o lateral-esquerdo Zeca para o futebol europeu. O dirigente revelou, ao deixar reunião na sede da Federação Paulista de Futebol (FPF), que o time recusou recentemente uma proposta pelo jogador e garantiu a procura por reforços para a disputa do Campeonato Brasileiro.

"Chegou para nós uma proposta, e eu disse não. O próprio Zeca também recusou. Como nenhum dos dois quis, ele vai ficar", comentou o dirigente. Revelado na base do clube, o jogador de 21 anos despertou o interesses de clubes europeus e tem sido convocado para amistosos da seleção brasileira olímpica.

O clube já procura no mercado possíveis reforços. "Estamos buscando alguns. Buscamos o Rodrigão, que classificou o Campinense nesse fim de semana. Também fomos buscar o Noguera, no Banfield, da Argentina. Estamos trabalhando para reforçar a equipe sem perder o atual elenco", explicou. Outra busca do Santos é por Moreno, do Atlético Nacional, da Colômbia, mas como o time disputa a Libertadores, as negociações não avançaram.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.