Presidente do Santos garante Oswaldo

O presidente do Santos, Marcelo Teixeira, garantiu nesta sexta-feira a permanência do técnico Oswaldo de Oliveira no cargo e ainda pediu paciência ao torcedor. "A pressão existe e isso é indiscutível. Mas nós temos de analisar o trabalho e, nessa análise, percebemos que tem condições de ter um desenvolvimento", afirmou o dirigente."A comissão técnica vem desenvolvendo bom trabalho, tem tido problemas muito graves no plano físico e na contusão de jogadores fundamentais. Temos de reconhecer que o Santos não vem fazendo as mesmas apresentações do que em outras oportunidades, mas isso é decorrente de contusões e de tudo o que vem ocorrendo", disse o presidente Marcelo Teixeira, saindo em defesa de Oswaldo de Oliveira.A situação de Oswaldo de Oliveira ficou muito complicada depois da derrota para a LDU, quinta-feira, em Quito, que afastou o Santos da classificação para a próxima fase da Copa Libertadores. Além disso, ele vem sofrendo seguidas críticas da torcida. Mas terá chance de continuar o trabalho, a partir deste domingo, no jogo contra o América, na Vila Belmiro, pelo Campeonato Paulista.Apesar de garantir a permanência de Oswaldo de Oliveira, Marcelo Teixeira está atento e promete trocar o treinador quando achar necessário. "Se toda essa pressão interferir diretamente no emocional do técnico, aí sim vamos atuar, até para preservar a condição do profissional", explicou o presidente do clube.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.