Presidente do Santos já considera Charles como reforço

O Santos ainda aguarda o resultado dos exames médicos realizados pelo volante Charles para anunciá-lo oficialmente, mas o presidente santista, Luís Álvaro de Oliveira Ribeiro, já conta com o jogador como reforço para o próximo ano. O dirigente revelou que assinou um pré-acordo com o vice-presidente do Lokomotiv Moscou para Charles ficar na Vila Belmiro por empréstimo até o fim de 2011 e encaminhou também uma parceria com os russos.

MARCIUS AZEVEDO, Agência Estado

14 de dezembro de 2010 | 21h02

"Assinamos uma carta de intenção e só faltam os exames para oficializarmos o acordo. Não acredito que teremos problemas", disse Luis Álvaro. "O Charles já se sente como jogador do Santos, está com o espírito do clube incorporado e louco para se apresentar em janeiro e nos ajudar na Libertadores", completou o presidente, que aprovou o comportamento do reforço no primeiro contato.

O departamento médico do Santos é um pouco mais cauteloso ao comentar o assunto, mas, ao que tudo indica, Charles não será reprovado. A preocupação reside na cirurgia que ele fez há pouco mais de um mês no joelho esquerdo, após sofrer umas lesão no tendão do músculo vasto lateral da coxa. "O Charles passou pelos exames físicos convencionais e foram solicitados mais exames, de imagem, cardiológico... Ele passou por uma cirurgia delicada no joelho há 35 dias e nós vamos esperar pelos resultados", disse o médico Rodrigo Zogaib.

O outro médico do Santos, Maurício Zenaide, também entrou em contato com Otacílio da Matta, médico do Cruzeiro, que cuidou de Charles em sua clínica em Belo Horizonte, para obter mais detalhes sobre o caso. O volante está no processo final de recuperação e ainda precisa de algum tempo para voltar aos treinos. A negociação, acreditam os médicos, mesmo antes dos resultados, tem poucas chances de dar errado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.