Presidente do Santos não se abala com derrota na estréia

'Temos consciência das nossas dificuldades, mas estamos correndo atrás de novas peças', diz Marcelo Teixeira

Bruno Winckler, Jornal da Tarde

17 de janeiro de 2008 | 19h21

A derrota por 2 a 0 para a Portuguesa na estréia do Campeonato Paulista, quarta-feira à noite, no Morumbi, não incomodou o presidente do Santos, Marcelo Teixeira. Por mais que o técnico Emerson Leão reclame e peça a contratação de jogadores para o elenco, o dirigente não teme por um ano de "vacas magras" para o time santista e promete que mais reforços virão. "Temos consciência das nossas dificuldades, mas estamos correndo atrás de novas peças", disse Marcelo Teixeira, ainda nos vestiários do Morumbi, depois do jogo de quarta-feira. O presidente santista, no entanto, descartou a hipótese de que para trazer mais reforços precisará se desfazer do lateral-esquerdo Kléber, jogador mais valorizado do elenco do Santos (com uma multa de R$ 20 milhões) e que tem propostas de Valencia, Deportivo La Coruña e Palermo. Sobre as vaias da torcida santista nas arquibancadas do Morumbi, o presidente disse que não esperava comportamento diferente dos torcedores. "O Santos tem disputado títulos nos últimos anos e o torcedor está mal acostumado. Compreendemos, mas não podemos entrar no emocional do torcedor. Temos um planejamento concreto e na estréia da equipe da Libertadores teremos uma situação melhor", garantiu Marcelo Teixeira - o primeiro jogo na competição continental está marcado para o dia 14 de fevereiro, contra o Cúcuta, na Colômbia. Mesmo atrás de reforços, o presidente deseja que os jogadores das categorias do Santos seja testada. "Vamos dar oportunidade aos jovens talentos que estão pedindo passagem. É preciso lembrar que, contra a Lusa, não tivemos Kléber, Rodrigo Souto, Adaílton e isso é uma base importante. Por isso, vamos ter calma", pediu Marcelo Teixeira.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.