Pedro Ernesto Guerra Azevedo/Santos
Pedro Ernesto Guerra Azevedo/Santos

Presidente do Santos vai ao CT cobrar reação do time após goleada para o Corinthians

Time da Baixada precisa se recuperar animicamente para novo encontro com o rival pelo Campeonato Brasileiro

Redação, Estadão Conteúdo

23 de junho de 2022 | 20h10

A quinta-feira foi de cobrança forte no Santos. O presidente Andres Rueda foi até o CT Rei Pelé para exigir explicações e reação da equipe após a goleada, por 4 a 0, sofrida diante do Corinthians, na Neo Química Arena, em duelo válido pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil.

Mas os jogadores não foram os únicos a tomarem bronca. O técnico Fabián Bustos, que externou toda a sua insatisfação com o desempenho do time na partida, e o executivo de futebol, Edu Dracena, também receberam críticas do dirigente.

O Santos volta a enfrentar o Corinthians, neste sábado, às 19 horas, mais uma vez em Itaquera, agora pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro. Bustos, que não poderá estar no banco de reservas, suspenso pela expulsão diante do Red Bull Bragantino, não poderá escalar o goleiro João Paulo e o meio-campista Zanocelo, punidos com o terceiro cartão amarelo.

O resto da equipe deverá ser a mesma que perdeu feio do Corinthians. Com 18 pontos, o time alvinegro inicia a rodada na oitava colocação, com a mesma pontuação de Fluminense, Botafogo, Red Bull Bragantino e São Paulo. Apenas quatro pontos separam o time da zona de rebaixamento.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.