Williams Aguiar / Sport Clube do Recife
Williams Aguiar / Sport Clube do Recife

Presidente do Sport afirma que Diego Souza retorna ao clube nesta quarta

Ausente nos últimos dias, atacante é esperado no Recife para treino da equipe nesta quarta-feira

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

11 de julho de 2017 | 14h50

O presidente do Sport, Arnaldo Barros, afirmou nesta terça-feira que a pendência entre o clube, Diego Souza e Palmeiras está perto para acabar. O dirigente afirmou que Diego Souza se reapresenta à equipe na quarta-feira para os treinos após ter ficado fora do jogo da última segunda-feira, contra o Coritiba, e perdido a atividade para os reservas nesta terça, no Recife.

"Diego Souza vai voltar ao Sport amanhã (quarta-feira). Ele mandou mensagem por escrito para mim e também pelo seu empresário (Eduardo Uram) para avisar que vai retornar. Diego passou alguns dias no Rio para resolver problemas pessoas. Não tem motivo para não acreditarmos nele", disse ao Estado o dirigente. A ausência de Diego Souza nos últimos aumentou o suspense por um possível acerto com o Palmeiras. O atual campeão brasileiro tentou abrir negociação com o jogador.

O interesse do clube paulista pelo jogador se iniciou a pedido do técnico Cuca. O treinador entende a necessidade de buscar um reforço para o ataque. "Entendo a cobiça por um jogador que é de qualidade, de seleção brasileira. Mas aqui no Sport sempre dissemos que o Diego Souza vai ficar. Confiamos na palavra dele e esperamos o jogador aqui", afirmou Barros.

Se entrar em campo na quinta-feira contra a Chapecoense, no Recife, o atacante do Sport vai completar o sétimo jogo pelo Campeonato Brasileiro e, assim, inviabilizar a participação por outra equipe nesta mesma competição. O presidente do Sport afirmou que a escalação do atacante depende apenas da decisão do técnico Vanderlei Luxemburgo.

Barros explicou que para garantir o retorno de Diego Souza ao clube não foi necessário alterar o contrato dele. "O vínculo é até dezembro de 2018, com opção unilateral de renovação. Quisemos antecipar as conversas para deixar o atleta mais confortável e afastar essa celeuma toda. Estamos negociando a renovação, mas por enquanto não tem nada de novo", disse.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.