Reuters
Reuters

Presidente do Valladolid, Ronaldo anuncia 'projeto de 90 anos' para o clube

Ex-jogador vai construir um CT e vai transformá-lo em uma "fábrica de talentos"

Redação, Estadão Conteúdo

06 Fevereiro 2019 | 16h41

O ex-atacante Ronaldo Fenômeno deu mais um passo nesta quarta-feira em sua nova carreira no futebol. Proprietário e presidente do Valladolid, equipe que joga a primeira divisão na Espanha, o ex-jogador apresentou em Madri, onde foi aberto um escritório permanente do clube, um projeto ambicioso para os próximos 90 anos do time, que inclui a reestruturação do centro de treinamento e do estádio em Valladolid.

"Estamos planejando o futuro do Real Valladolid, para os próximos 90 anos. Está claro que o time vai lutar para seguir na primeira divisão, mas o projeto seguirá, estejamos na primeira ou segunda. Quero agradecer aos torcedores pelo apoio e espero que siga assim até o final", disse Ronaldo.

O clube, atualmente, ocupa a 14.ª posição do Campeonato Espanhol com 25 pontos, apenas dois a mais que o Rayo Vallecano, 18.º e antepenúltimo colocado e primeiro na zona de rebaixamento. Faltam 16 rodadas para o final da temporada.

De acordo com Ronaldo, a abertura de um escritório na capital espanhola poderá ajudar o Valladolid a estar "perto das grandes marcas e dos investimentos necessários para o progresso". O agora dirigente quer fazer com que o clube deixe de ser regional para passar a ser mais conhecido nacional e internacionalmente.

Para isso, em breve será iniciada a construção do centro de treinamento do clube e a reforma do estádio José Zorrilla, em Valladolid. Segundo o ex-atacante, entre as ideias está transformar, com o novo CT, que terá investimento de 500 mil euros (R$ 2,1 milhões), o Valladolid em uma "fábrica de talentos".

 

 

Mais conteúdo sobre:
RonaldinhoValladolidfutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.