Pressionado, Coritiba recebe Cruzeiro

Duas derrotas seguidas, uma delas diante dos torcedores, já começa a gerar cobranças para a direção técnica e os jogadores do Coritiba, campeão paranaense invicto e dono da maior artilharia do campeonato regional. Nesta quarta-feira, às 20h30, o time, que tem apenas um ponto, volta a se apresentar em Curitiba, contra o Cruzeiro. "Eu não me preocupo com cobranças, acho que faz parte do trabalho de qualquer profissional", afirmou o técnico Paulo Bonamigo. A inoperância do ataque também é uma cobrança do próprio treinador. "No Campeonato Brasileiro não pode se dar ao luxo de desperdiçar quatro ou cinco chances cristalinas", diz Bonamigo, referindo-se ao jogo contra o Juventude. "Os jogadores estão com medo de chegar, com medo de errar, e isso só se readquire com trabalho." O meia Tcheco, expulso, dá lugar para Lima, enquanto o lateral-direito Tésser deverá ser sacado, em razão de deficiência técnica para a entrada do volante Pepo, que será improvisado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.