Mailson Santana / Fluminense FC
Mailson Santana / Fluminense FC

Pressionado, Fluminense recebe a Portuguesa em busca da primeira vitória em 2018

Tricolor está na lanterna do grupo C da Taça Guanabara após uma derrota e um empate

Estadão Conteúdo

24 Janeiro 2018 | 08h06

O ano de 2018 nem bem começou e o Fluminense já se encontra em um momento delicado. Ainda sem saber o que é vitória, o time comandado pelo técnico Abel Braga joga o seu futuro na Taça Guanabara - o primeiro turno do Campeonato Carioca - nesta quarta-feira, quando recebe a Portuguesa, às 21h45, no estádio Giulite Coutinho, em Mesquita (RJ), pela terceira rodada.

+ Fluminense anuncia contratação do goleiro uruguaio De Amores

+ Airton diz ser polivalente e pede 15 a 20 dias para estrear no Flu

Sem conseguir se encontrar após as saídas dos seus principais jogadores por diversos motivos - o goleiro Diego Cavalieri, o zagueiro Henrique, o meia Gustavo Scarpa e o atacante Henrique Dourado são os principais exemplos -, o Fluminense amarga a lanterna do Grupo C, com apenas um ponto. A Portuguesa empatou seus dois jogos até agora e tenta não perder os primeiros colocados de vista.

A atividade desta terça-feira foi realizada com os portões fechados para a imprensa, mas, apesar do mistério, Abel Braga deve manter a mesma formação que iniciou o clássico diante do Botafogo - empate por 0 a 0, no último sábado. Pedro Paulo, Luquinhas, Felipe e Marcos Calazans seguem vetados pelo departamento médico.

Apesar do início ruim no campeonato, o atacante Marcos Júnior acredita que o Fluminense vai melhorar com os passar dos jogos, mas alertou sobre o jejum de vitórias na temporada. "É só o começo do ano. Os times pequenos treinam faz mais tempo. Acredito que vamos melhor com o andamento do trabalho. Esperamos a vitória nesse jogo. O Fluminense precisa ganhar e só pensamos nos três pontos", afirmou.

A Portuguesa se inspira no jogo da primeira rodada, quando enfrentou o Botafogo e só não ganhou porque levou o gol de empate aos 48 minutos do segundo tempo depois de abrir 2 a 0. A formação deve ser a mesma que empatou diante do Madureira na rodada passada. "Estamos confiantes em realizar um bom jogo contra o Fluminense. Já mostramos que podemos competir de igual para igual, como fizemos contra o Botafogo. Agora é se concentrar e ter foco total na partida para sair com a vitória", disse o zagueiro Marcão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.