Pressionado, Paysandu deve mudar

Pressionado pela torcida, o treinador Ivo Wortmann já pensa em fazer mudanças no time do Paysandu para a partida do próximo domingo, no Mangueirão, contra o Atlético Paranaense. A volta do zagueiro André Dias, que estava suspenso por ter sido expulso na partida contra o Vasco, é tida como certa. Lima perderá a vaga para que André Dias forme a dupla de área com Jorginho.Apesar do fraco desempenho nos últimos jogos, o meia Vélber deverá ser mantido, mas há a possibilidade do outro meia, Jobson, perder a posição para Júnior Amorim. Outra mudança será na lateral esquerda, onde Souza pouco marca. Luiz Fernando, mais seguro na marcação, deve garantir a escalação durante os treinos da semana.O volante Vanderson, cuja combatividade e raça fazem o gênero que a torcida gosta, tem a receita para vencer os paranaenses. "Temos de fazer um gol logo no começo da partida e pressionar para fazer mais". Ele acredita que com o apoio da torcida, sempre fiel nas horas em que o time mais precisa em jogos dentro de casa, o Paysandu sairá com uma "boa vitória".Para Wortmann, o esquema do time será montado até sexta-feira, durante o último treino na Curuzu. "Acho que ainda é muito cedo para a gente pensar nisso", desconversa. Ele disse que sequer passa por sua cabeça a possibilidade de o Papão perder dentro de casa e cair para a segunda divisão."Tudo só depende de nós mesmos. Estamos vivos na disputa, é só encarar tudo com seriedade e disposição que a vitória surgirá", disse o treinador.Nesta terça-feira, a diretoria do Paysandu fez uma consulta à CBF sobre a redução do preço do ingresso de R$ 10 para R$ 5,00. A entidade ficou de dar a resposta nesta quarta.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.