Pressionado, Ronaldo pede paciência para retornar

Atacante do Milan volta a sentir dores musculares e só deve voltar aos gramados na metade de novembro

Agências internacionais,

25 de outubro de 2007 | 10h33

O atacante Ronaldo pediu nesta quinta-feira paciência à torcida do Milan. A expectativa era de que o jogador retornasse aos gramados no último domingo, contra o Empoli, pelo Campeonato Italiano.   Veja também:  Kaká: 'Como atacante, ainda preciso aprender mais'   Porém, Ronaldo voltou a sentir dores musculares e, agora, só deve retornar aos campos na metade de novembro.   "Peço a todos que sejam pacientes. A primeira pessoa que quer jogar logo de novo sou eu, mas não precisamos apressar isso", disse Ronaldo à televisão italiana.   Contratado junto ao Real Madrid em janeiro, Ronaldo sofreu em julho uma lesão na perna que foi mal diagnosticada pela equipe, o que atrasou o processo de recuperação.   Os torcedores do Milan aguardam com ansiedade o retorno de Ronaldo, uma vez que Inzaghi, de 34 anos, está fora de forma ultimamente e Gilardino joga de forma inconstante.

Tudo o que sabemos sobre:
RonaldoAC Milan

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.