Rubens Chiri/São Paulo FC
Rubens Chiri/São Paulo FC

Prestes a completar 100 jogos, Jucilei se declara ao São Paulo: 'É um sonho'

Com o rodízio de atletas no início de temporada, o volante não está confirmado como titular contra o Santos neste domingo

Redação, Estadão Conteúdo

26 Janeiro 2019 | 22h54

Em sua terceira temporada no São Paulo e prestes a completar cem jogos com a camisa do time, o volante Jucilei se declarou ao clube. Em entrevista ao site oficial, Jucilei, apesar de não ter encerrado a última temporada como titular, disse estar feliz com a iminência de atingir uma marca importante com a camisa são-paulina.

"Sou grato ao São Paulo e estou feliz com esta oportunidade de completar 100 jogos pelo clube. É a realização de um sonho, principalmente pela grandeza do São Paulo", afirmou o jogador.

Destaque no rival Corinthians entre 2009 e 2011, Jucilei foi repatriado pelo São Paulo no início de 2016 após passagens por Anzhi (Rússia), Al-Jazira (Emirados Árabes Unidos) e Shandong Luneng (China) e rapidamente conquistou o seu espaço na equipe.

"É gratificante fazer parte da imensidão deste clube, porque o São Paulo tem uma história enorme. É prazeroso fazer parte disso e representar esta camisa. Nosso elenco é maravilhoso e o ambiente de trabalho é bastante saudável", enalteceu o jogador.

Jucilei vive a expectativa de completar uma centena de jogos pelo São Paulo em um clássico. Neste domingo, o time encara o Santos, no Pacaembu, às 17 horas, em duelo válido pela terceira rodada do Campeonato Paulista.

Com o rodízio de atletas neste início de temporada, o volante não está confirmado como titular, mas como começou entre os reservas na última partida, é provável que esteja entre os 11 iniciais do técnico André Jardine. O jogador afirma estar ansioso e vê o clássico como o cenário ideal para comemorar a marca.

"Não teria cenário melhor, né? Diante de um grande rival, num clássico importante. Estou à disposição do André Jardine. E se eu tiver a oportunidade de jogar, que esta marca possa ser celebrada com um resultado positivo", declarou.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.