marcos-brindicci-reuters
marcos-brindicci-reuters

Pretendido pelo Corinthians, Bou diz que ficará no Racing

Argentino confirmou a renovação de seu contrato

Estadão Conteúdo

15 de janeiro de 2016 | 17h53

Pretendido pelo Corinthians para ocupar a vaga deixada por Vagner Love, negociado para o Monaco, o argentino Gustavo Bou permanecerá em seu país. O jogador de 25 anos cobrava uma valorização do Racing, chegou a um acordo com o clube após reunião nesta sexta-feira e ficará por lá pelo menos até o meio do ano.

"Se sigo no Racing, também é porque eu quero. Chegamos a um acordo com os dirigentes, vou ficar seis meses mais e se em junho receber uma proposta e houver uma venda, vão me recompensar pelo que estou pedindo agora. Senão, certamente também falaremos de uma valorização", declarou.

Na semana passada, o empresário de Bou afirmou ter recebido propostas oficiais do Corinthians e do Borussia Mönchengladbach pelo jogador, inclusive bem mais vantajosas do que o Racing lhe oferecia. O atacante chegou a se recusar a viajar com os companheiros para a pré-temporada em Mar del Plata.

"Senti a necessidade de não viajar neste momento, não estava bem pessoalmente, mas foi uma decisão minha, que não teve a ver com a minha família ou o meu representante", afirmou. "Só tenho palavras de agradecimento (à torcida do Racing). Se alguém se ofendeu com a minha decisão, peço perdão."

Bou foi artilheiro da última Libertadores, com oito gols, e despertou o interesse de diversos clubes brasileiros. O Corinthians, no entanto, foi o único que fez proposta oficial. O time paulista, agora, se concentra em outro argentino para reforçar o ataque: Sebastián Blanco, do San Lorenzo. O jogador inclusive já confirmou ter recebido uma proposta e espera por um acerto das diretorias.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCorinthiansRacingBou

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.